AirPods Pro VS AirPods 2: diferenças e recursos

Ontem à noite, A Apple anunciou o AirPods Pro. A nova versão dos verdadeiros fones de ouvido sem fio da empresa Cupertino introduziu uma série de novos recursos, incluindo o cancelamento de ruído ativo altamente antecipado. A gigante californiana, no entanto, decidiu manter o AirPods 2 em seu catálogo.

Uma escolha ditada pelas peculiaridades de cada um dos dois modelos, com a lógica de atender às diferentes necessidades dos usuários. Como veremos de fato, a Apple hoje oferece dois modelos de verdadeiros fones de ouvido sem fio profundamente diferente um do outro, não apenas em relação ao preço de tabela.

Projeto

Com o AirPods Pro, a empresa Cupertino decidiu para adotar o padrão intra-auricular. Além dos diferentes aspectos estéticos comparados aos AirPods 2, essa mudança de design terá um impacto importante na ergonomia dos fones de ouvido, no conforto de usá-los.

Portanto, ser√° poss√≠vel substituir as borrachas intercambi√°veis ‚Äč‚Äčde acordo com a sua aur√≠cula. Por outro lado, por√©m voc√™ perder√° a maneira de colocar os AirPods dentro do seu ouvido que os modelos anteriores se acostumaram. Uma mudan√ßa importante, √© claro, certamente uma das raz√Ķes que levaram a Apple a manter os dois modelos na lista.

Sim, porque a usabilidade dos fones de ouvido √© um par√Ęmetro altamente subjetivo. A maioria dos compradores de AirPods sempre achou o padr√£o propriet√°rio confort√°vel, derivado diretamente dos EarPods ou dos fones de ouvido com fio integrados aos pacotes de vendas do iPhone.

Um padr√£o que eu, por exemplo, nunca amei particularmente, pois se adapta com dificuldade aos meus ouvidos. Para meu resgate, no entanto, chegam os AirPods Pro que, gra√ßas ao design intra-auricular, devem se encaixar perfeitamente nos pavilh√Ķes auriculares.

Além disso, o padrão diferente trouxe consigo até um design mais discreto (os novos fones de ouvido são menores) e um formato diferente também para o estojo de carregamento. Pena que a escolha da Apple faça, mesmo para o AirPods Pro, apenas uma cor.

Funcionalidade

Ambos os modelos são baseados no chip H1, portanto, não deve haver diferenças substanciais na estabilidade da conexão e na qualidade do áudio. O AirPods Pro, no entanto, pode contar com o cancelamento de ruído ativo, um recurso importante que é extremamente esperado pelos usuários da Apple.

A Apple tamb√©m trabalhou no que define o “modo Transpar√™ncia”, que oferece a possibilidade de ouvir suas m√ļsicas favoritas sem perder os sons do ambiente ao redor: √© ideal para ouvir os sons do tr√°fego durante a corrida ou os an√ļncios na esta√ß√£o enquanto espera o trem. A mudan√ßa do cancelamento de ru√≠do ativo para o modo Transpar√™ncia pode ser feita diretamente no AirPods Pro usando um sensor de press√£o na haste.

Caso contrário, não deve haver grandes diferenças em comparação com os AirPods 2 (também em relação à autonomia) que, em termos de funcionalidade, continuará oferecendo a excelente experiência do usuário à qual os verdadeiros fones de ouvido sem fio da Apple se acostumaram.

Preço

Depois, há a questão do preço de tabela. Para pegar o AirPods Pro São necessários 279 euros, uma figura com a qual você também pode levar para casa o estojo com carregamento sem fio.

Os AirPods 2 permanecem no catálogo da Apple por 179 euros, exatamente 100 euros a menos que os novos. Dessa forma, os dois modelos poderão coexistir em nível comercial, sem canibalizar um ao outro.

Além do preço, que é alto nos dois casos, o verdadeiro fator discriminador da compra permanece, na minha opinião, o design. Quem não gosta de fones de ouvido terá que recorrer necessariamente ao AirPods 2, e vice-versa, pode se referir ao AirPods Pro. Obviamente, se você deseja permanecer necessariamente no mundo da Apple.