Facebook pensa em óculos AR que podem substituir smartphones

O interesse do Facebook em desenvolver óculos de realidade aumentada certamente não é novo. Zuckerberg já havia falado sobre isso na conferência de desenvolvedores em 2016. Hoje, novos detalhes estão surgindo sobre os novos dispositivos que devem surgir a partir do colaboração com a Luxottica, empresa controladora da conhecida marca Ray-Ban.

Conforme relatado pela CNBC, que cita fontes internas da empresa, √≥culos inteligentes com um nome de c√≥digo Orion teria o objetivo ambicioso de substituir smartphones. Al√©m da exibi√ß√£o “cl√°ssica” que permite ao usu√°rio visualizar as informa√ß√Ķes solicitadas, o dispositivo poder√° receber chamadas e transmitir em streaming o que o usu√°rio est√° vendo naquele momento preciso. No entanto, n√£o h√° detalhes precisos sobre como a empresa pretende substituir os smartphones.

Crédito РGetty Images

As fontes tamb√©m informam que o Facebook est√° trabalhando no desenvolvimento de assistente de voz pr√≥prio que pode lidar com solicita√ß√Ķes de usu√°rios. Segundo o relat√≥rio, o Facebook est√° tentando criar um dispositivo com um fator de forma que possa ser atraente. A partir disso, a parceria com a Luxottica nasceria com a esperan√ßa de poder mercado entre 2023 e 2025. Dif√≠cil dizer se os √≥culos AR com a marca do Facebook realmente chegar√£o nessa data.

O relat√≥rio da CNBC acrescenta algumas diferen√ßas ao das informa√ß√Ķes. Este √ļltimo relata que o Facebook est√° trabalhando em um par de √≥culos AR com um nome de c√≥digo Estrela, um projeto menos ambicioso do que Orion. De fato, semelhante ao Spectacles 3 do Snap, Stella permite gravar v√≠deos e tirar fotos diretamente dos √≥culos. Um projeto que certamente poderia se materializar mais rapidamente do que Orion.