iPadOS, a Apple revoluciona seus tablets

A surpresa da WWDC 2019 Ă© chamada de iPadOS. De fato, a Apple apresentou uma versĂŁo especĂ­fica do iOS, projetada especificamente para seus tablets. Dessa forma, finalmente serĂĄ possĂ­vel explorar melhor o fator de forma desses dispositivos, inevitavelmente diferente do iPhone, alĂ©m de ter uma sĂ©rie de recursos disponĂ­veis que aproximam a experiĂȘncia do usuĂĄrio da dos notebooks reais, embora com todos os limites. para o macOS.

Primeiro de tudo, o novo Lar. Ao colocar o iPad horizontalmente, serĂĄ possĂ­vel usar a ampla diagonal da tela de uma maneira mais racional: de fato, Ă  direita, haverĂĄ os Ă­cones dos aplicativos, na parte inferior da base usual, Ă  esquerda, os widgets e a hora, tudo na mesma tela. Dessa forma, vocĂȘ nĂŁo terĂĄ mais a sensação de lidar com um “iPhone ampliado”, uma questĂŁo crĂ­tica que sempre foi apontada para a empresa Cupertino em relação aos tablets, mas na qual a Apple nunca interveio.

A funcionalidade de exibição dividida foi bastante aprimorada o que, como vocĂȘ se lembrarĂĄ, permite dividir a tela do iPad em dois para usar vĂĄrios aplicativos simultaneamente. Com o iPadOS, tudo se integra perfeitamente Ă  multitarefa e, alĂ©m disso, durante a conferĂȘncia, esse modo foi mostrado em ação com serviços de terceiros, como o Microsoft Word. Uma abordagem, de fato, mais prĂłxima dos notebooks do que dos tablets, que obviamente Ă© a missĂŁo da Apple com esta versĂŁo especĂ­fica de seu sistema operacional mĂłvel.

Um centro avançado de gerenciamento de downloads foi introduzido e o aplicativo de gerenciamento de arquivos foi aprimorado. AtravĂ©s deste Ășltimo tambĂ©m finalmente serĂĄ possĂ­vel ler pen drives e cartĂ”es SD e micro-SD sem restriçÔes particulares. Nesse sentido, a introdução das portas USB-C no recente iPad Pro assume um sentido completo que, por meio de adaptadores especiais, pode ser usado para tirar proveito dessa nova funcionalidade.

A Apple também pensou em toda uma série de gestos que permitirão ao usuårio para editar textos escritos mais facilmente. Também deste ponto de vista, a lógica é aumentar a produtividade do iPad que, especialmente com a linha Pro, sempre teve o potencial de substituir notebooks em determinadas operaçÔes, exceto por ser travado pelo iOS. A introdução do iPadOS deve ser lida precisamente nesta perspectiva.

Obviamente, no iPadOS, haverå todas as notícias do iOS 13 sobre as quais tivemos a oportunidade de falar no artigo dedicado, incluindo o altamente esperado Modo Escuro. Aguardamos mais detalhes da Apple sobre os tempos de lançamento e modelos compatíveis.