iPhone 11 Pro – Revis√£o

Imagine um iPhone XS, mas mais poderoso, com uma tela melhor capaz de exibir imagens mais definidas, contrastadas e mais brilhantes. Adicione uma terceira c√Ęmera traseira, melhore a recep√ß√£o gra√ßas √† tecnologia MIMO 4X4, permita que mergulhe em √°guas mais profundas, trate o vidro traseiro para que pare√ßa metal e aprimore a bateria, para melhorar a autonomia por at√© quatro horas adicionais. O que voc√™ est√° imaginando agora √© o novo iPhone 11 Pro, muito semelhante ao iPhone XS do ano passado, mas capaz de oferecer uma melhor experi√™ncia de todos os pontos de vista. Mas, acima de tudo, a c√Ęmera, como veremos, √© a verdadeira for√ßa do iPhone deste ano.

Você está lendo é a nossa análise do iPhone 11 Pro, nos próximos dias também publicaremos a revisão do iPhone 11 Pro Max, substancialmente semelhante ao modelo básico, mas com uma tela maior e, posteriormente, à do iPhone 11, a substituição digna do iPhone XR.

Ficha de dados

Tela 5,8 polegadas OLED, 1242 x 2688, 458 ppi, 19.5: 9
SoC A13 Bionic Hexa-core (Raios 2 √ó 2,65 GHz + Trov√£o 4 √ó 1,8 GHz)
RAM 4GB
GPU GPU Apple de quatro n√ļcleos
Armazenamento 64/256/512 GB não expansível
C√Ęmera traseira C√Ęmera tripla, 12 MP f / 1.8 + 12 MP f / 2.0 + 12 MP f / 2.4, Quad LED, v√≠deo 4K a 60 qps
C√Ęmera frontal 12 MP f / 2.2
Segurança Reconhecimento de rosto
Bateria 3.046 mAh
recarregar √Ä velocidade de um rel√Ęmpago
Conectividade Bluetooth 5.0, machado Wi-Fi de banda dupla, GPS A-GLONASS BDS, NFC, r√°dio FM
redes LTE
dimens√Ķes 144 x 71,4 x 8,1 mm
Peso 188 gramas
Sistema operacional iOS 13
cores Cinza Espaço, Ouro, Prata, Verde Noite
Preço Desde 1.189 euros

Projeto

O iPhone 11 Pro √© basicamente semelhante ao iPhone XS, mas se formos verificar as medidas, descobrimos que ela √© um pouco mais larga, mais alta, mais grossa e mais pesada. Estamos falando de mil√≠metros ou fra√ß√Ķes deles: 0,4 mm mais alto e mais grosso, 0,5 mm mais largo e 11 gramas mais em peso. Dif√≠cil perceber essas diferen√ßas, mesmo com os dois modelos em estreita compara√ß√£o.

Essas diferenças levaram alguns protetores de tela a relatar que os modelos XS não são compatíveis com o 11 Pro; Eu ainda tinha um filme XS, apliquei no novo modelo e não sinto a necessidade de comprar uma nova proteção meio milímetro maior.

Apesar dessas diferen√ßas num√©ricas, reiteramos que os dois iPhones s√£o substancialmente id√™nticos em termos de formas e dimens√Ķes, al√©m de sensores e bot√Ķes. Na extremidade direita, temos o bot√£o liga / desliga / ativa√ß√£o; no lado oposto, os bot√Ķes de volume e o bot√£o “n√£o perturbe”.

O entalhe est√° sempre no lugar, com a mesma forma e tamanho. O vidro de prote√ß√£o da tela frontal √© bem tratado para n√£o capturar muitas impress√Ķes digitais, e as bordas est√£o sempre em metal polido, perfeitamente niveladas com os dois √≥culos de prote√ß√£o.

Se as diferenças, olhando para o iPhone pela frente, são reduzidas, é pela parte traseira que acontece que estamos lidando com o novo 11 Pro. Primeiro, a tampa de vidro foi tratada para torná-la acetinada, a tal ponto que mais parece metal, isso ao clássico vidro brilhante, que espreita no XS.

Finalmente, o tr√≠ptico de objetivos √© a verdadeira marca registrada do novo iPhone. Ainda n√£o sabemos se gostamos ou n√£o. Uma vez inserido em um caso, o design melhorou, em qualquer caso, mas devemos admitir que estamos discutindo um fator extremamente subjetivo. A outra novidade diz respeito a nova cor “verde noite”, uma esp√©cie de verde escuro muito intenso, que une as outras tr√™s cores cl√°ssicas: ouro, prata e cinza sideral.

Rel√Ęmpago vs. USB-C

iPhone 11 Pro ainda tem um conector Lightning, uma solução não óbvia, considerando que a Apple já mudou para USB-C para iPad Pro e todos os MacBooks. Durante a apresentação do iPhone 11 Pro, perguntamos o motivo dessa escolha, considerando a flexibilidade da conexão USB-C, que permite maior interoperabilidade entre os dispositivos modernos.

A resposta foi que, para o iPhone, diferente, por exemplo, do iPad Pro, A Apple n√£o v√™ raz√Ķes t√©cnicas espec√≠ficas para mudar para o novo padr√£o USB. A compatibilidade e o desempenho do USB s√£o confort√°veis ‚Äč‚Äčem um produto como o iPad Pro, que pode ser usado para tarefas exigentes, como conectar um disco r√≠gido externo para transferir conte√ļdo multim√≠dia em grandes quantidades. O iPhone √© mais um smartphone do que um substituto potencial para um PC e, consequentemente, a velocidade do Lightning ainda √© mais que suficiente para todas as atividades.

Al√©m disso, a Apple n√£o quis decepcionar todos os usu√°rios que j√° possuem muitos acess√≥rios e cabos Lightning. Claro que esta √ļltima afirma√ß√£o √© verdadeira, como √© o contr√°rio, j√° que muitas pessoas poderiam se sair melhor com apenas um cabo USB-C, apenas o de um iPad Pro ou um MacBook.

De qualquer forma, o cabo Lightning dentro da embalagem é renovado e, na extremidade oposta, é equipado com uma conexão USB-C, enquanto o carregador de bateria é de 18 watts, e é capaz de recarregar o iPhone 11 Pro em 50% em apenas meia hora.

O SoC A13 Bionic

Como de costume, a Apple atualizou o processador por trás do iPhone 11 Pro, o A13 Bionic. Dados oficiais falam 20% mais desempenho, juntamente com uma melhoria na eficiência, a ser atribuída mais ao processo de produção de 7 nm da TSMC.

Um ponto chave do design de chips da Apple diz respeito √† sua modularidade, que permite √† Apple controlar todas as partes do chip, dos n√ļcleos computacionais b√°sicos aos mecanismos do n√ļcleo neural, mem√≥ria, cache e todas as outras partes do sil√≠cio de forma aut√īnoma, para desligar tudo o que n√£o √© necess√°rio e, consequentemente, obter grandes economias energia.

Se você estiver interessado em uma capa para iPhone 11, recomendamos as capas de Mujjo que você pode encontrar na Amazon neste link.

Grande parte do poder do chip est√° agora apoiando desenvolvedores, que podem usar t√©cnicas como aprendizado de m√°quina criar aplicativos mais complexos, por um lado, e mais eficientes, por outro. A Apple fez uma lista de √°reas para aprimoramento de seu chip que incluem, al√©m do mencionado “aprendizado de m√°quina”, tamb√©m gerenciamento avan√ßado de energia, Secure Enclave, imagens HDR, processamento de √°udio de alta efici√™ncia, mecanismo de profundidade, mecanismo neural e monitor profissional mecanismo, controlador de armazenamento de classe desktop, codificador de v√≠deo profissional, processador sempre ativo, processador de v√≠deo HDR, fus√£o de c√Ęmeras, fotografia computacional, mem√≥ria unificada de alto desempenho, cache de alta largura de banda, embalagem avan√ßada de sil√≠cio e processamento OLED aprimorado. Em suma, o pacote completo.

Escusado ser√° dizer que o iPhone 11 Pro √© sempre r√°pido e √°gil. H√° v√°rios anos, dizemos a voc√™ que medir o desempenho de um smartphone faz muito pouco sentido, e √© por isso que os fabricantes de SoC m√≥vel est√£o focando mais do que no desempenho, o que, no entanto, sempre oferece uma melhoria em compara√ß√£o aos modelos anteriores, na inser√ß√£o e melhoria de fun√ß√Ķes adicionais, como as mencionadas acima.

O chip U1

Entre os novos recursos do iPhone 11 Pro est√° o chip U1, cuja letra “U” significa “Ultra Wideband”. √Č uma tecnologia de comunica√ß√£o sem fio direcional de curto alcance que pode ser usada para localiza√ß√£o espacial na transfer√™ncia de informa√ß√Ķes.

Vamos fazer alguns exemplos. Se voc√™ ativar o AirDrop hoje para trocar arquivos entre dispositivos Apple compat√≠veis, o iPhone identifica todos os dispositivos compat√≠veis e os prop√Ķe em uma lista. Voc√™ n√£o pode saber qual dispositivo, dentre os mostrados, √© o mais pr√≥ximo a voc√™. Com o Chip U1, voc√™ o conhecer√° e at√© poder√° apontar o iPhone na dire√ß√£o de um dispositivo identific√°-lo rapidamente na lista dos propostos.

Aplica√ß√Ķes futuras podem, por exemplo, transformar o iPhone em uma esp√©cie de transponder direcional para abrir o carro ou procurar dispositivos dentro de casa, com mais precis√£o do que o GPS ou o Bluetooth.