Redução da Symantec em e-mails indesejados (spam) em junho

Boas notĂ­cias da Symantec para todos nĂłs que usamos email: os emails indesejados estĂŁo em declĂ­nio! De fato, os e-mails agora representam apenas 49,7% de todos os e-mails.RELATÓRIO DE INTELIGÊNCIA SYMANTEC JUNHO DE 2015O percentual vem da empresa de segurança Symantec e do relatĂłrio publicado pelo Intelligence Report em junho de 2015. A empresa observa que Ă© a primeira vez em uma dĂ©cada que a taxa cai abaixo de 50%. A Ășltima vez que a empresa introduziu essa taxa de spam foi em setembro de 2003, ou quase 12 anos atrĂĄs.

Mais especificamente, a Symantec observou que em junho foram enviados 704 bilhÔes de e-mails, dos quais 353 bilhÔes foram classificados como spam.

No auge da epidemia de spam em junho de 2009, 5.700 bilhÔes das 6.300 bilhÔes de mensagens enviadas eram spam, de acordo com dados de segurança.

O relatĂłrio da empresa mostra que as taxas de spam continuam caindo a cada mĂȘs: o nĂșmero de e-mails nĂŁo solicitados encontrados pela Symantec foi de 52,1% em abril e 51,5% em maio.

A queda nas mensagens de spam geralmente ocorre devido a processos das principais empresas de tecnologia contra botnets, tempos de resposta mais rĂĄpidos pelos provedores de rede, bloqueio aprimorado e filtragem melhor.

O principal objetivo Ă© tornar o negĂłcio de spam menos lucrativo: se vocĂȘ pode reduzir as margens de lucro do remetente, pode reduzir o prĂłprio spam.

Outras descobertas do relatório, que se referem não apenas ao spam, mas também à segurança em geral, afirmam:

57.600.000 novas variantes de malware foram criadas em junho, em comparação com 44.500.000 malwares gerados em maio e 29,2 milhÔes em abril.Os ataques de ransomware aumentaram e o cripto-ransomware atingiu níveis mais altos desde dezembro de 2014.

Leia o relatĂłrio completo da Symantec (19 pĂĄginas)

RelatĂłrio de InteligĂȘncia Junho de 2015