RobĂŽs sĂŁo vigaristas no QREN

desonestos Foi apresentado um caso pelo Departamento de Proteção Ă  Propriedade PĂșblica, da PolĂ­cia Financeira e do MinistĂ©rio PĂșblico, em detrimento de cinco (5) pessoas envolvidas em um caso de tentativa de assalto a uma bolsa de propostas de negĂłcios, por meio do programa “Novo Empreendedorismo Inovador”, que estĂĄ sujeito ao QREN 2007-2013.

Em particular, o caso diz respeito a – como pode ser – ofensas Ă  falsificação pĂłs-uso em conluio, cumplicidade direta na falsificação pĂłs-uso e tentativa de falsificação, falso testemunho falso, violação da lei. <
>

sobre a ratificação da Convenção para a Proteção dos Interesses EconÎmicos das Comunidades Europeias, bem como sobre as disposiçÔes da legislação sobre relaçÔes Estado-Cidadão.

Em particular, de acordo com a investigação policial, os dois acusados, acionistas sob o estabelecimento de uma empresa, usando documentos falsificados como documentos comprovativos, apresentaram uma proposta comercial a uma empresa sem fins lucrativos, que teve como objetivo a avaliação, preparação e negociação de autoridades nacionais, regionais e regionais. apresentado às Comunidades Europeias.

A proposta comercial envolvia pesquisa interdisciplinar e serviços experimentais, atividades educacionais com o desenvolvimento de tecnologias inovadoras e robĂłtica. Os documentos falsificados diziam respeito a “supostos” graus de instituiçÔes da Universidade dos EUA e Patras, bem como do Instituto Chania.

AlĂ©m disso, os outros trĂȘs rĂ©us, funcionĂĄrios e avaliadores da empresa sem fins lucrativos aceitaram os documentos justificativos, sem considerar, como deveriam, que eram forjados e imprecisos, como resultado do encaminhamento da proposta para a prĂłxima etapa do processo e aprovaram uma subvenção financeira. altura 73.609 euros.

O desenvolvimento da investigação policial resultou no montante não desembolsado e, assim, foram evitados os danos aos interesses do Estado grego e da União Europeia em geral.

O processo formado Ă© submetido ao MinistĂ©rio PĂșblico de Atenas.

Lembre-se de que, no nĂșmero de telefone 11012 ou nos endereços de e-mail 11012@hellenicpolice.gr & financialpolice@hellenicpolice.gr do Serviço de PolĂ­cia Financeira e MinistĂ©rio PĂșblico, os cidadĂŁos podem entrar em contato, anonimamente ou com marca, para fornecer informaçÔes ou reclamar açÔes ou atividades contra a economia, propriedade pĂșblica, bem como direitos e bem-estar social e de seguros.