Transmissão de música: a Apple Music cresce 36% e ocupa o segundo lugar, o Spotify está no topo do ranking

O número de assinantes de Apple Music cresceu por 36% em 2019, permitindo que a plataforma ocupe o segundo lugar no ranking de serviços de streaming de música sob demanda. O Apple Music, desenvolvido pela gigante de Cupertino em 2015, continua a coletar um sucesso justo.

Os dados foram publicados por Pesquisa de contraponto. A empresa revelou que o número de assinaturas de serviços de streaming de música cresceu 32% ano a ano, superando o 358 milhões de usuários ativos. Basta pensar que, em 2019, 80% da receita do streaming de música vem de assinaturas.

Abhilash Kumar, de Analista de pesquisa, disse que as plataformas musicais atraem consumidores com deuses períodos livres bem anunciado, para propor planos pagos (geralmente com um preço inicialmente inferior ao preço de tabela).

Interessantes são os resultados de Apple Music, mesmo que atualmente esteja em segundo lugar. Este serviço atingiu 19% dos usuários e possui aproximadamente 15% das assinaturas globais. Estamos falando de um crescimento numa base anual de 36%.

Spotify confirma sua liderança no setor, com 31% da receita global e 35% das assinaturas globais. Respectivamente, no terceiro, quarto e quinto lugar, existem Amazon Music, YouTube Music e Tencent Music. Segundo analistas, o interesse dos usuários por esse tipo de serviço pode crescer ainda mais em 2020, com 450 milhões de usuários (com um crescimento de 25%).