Um homem de 50 anos chantageou uma mulher de 38 anos por 12 anos postando fotos de nus na Internet

A Diretoria de Processamento de Crimes CibernĂ©ticos investigou um caso de violação de dados pessoais, violĂȘncia ilegal e cafetĂ”es, atos que ocorreram via Internet.Teclado da Internet

Um nativo de 50 anos foi preso por ameaçar sistematicamente um cidadão de 38 anos por 12 anos (de 2003 até sua prisão), sob o pretexto de postar fotos nuas dela na internet, forçando-a a se envolver em uma série de atividades sexuais.

Uma pesquisa digital da mĂ­dia de armazenamento eletrĂŽnico (computadores, servidores etc.) dos 50 anos encontrou e confiscou centenas de arquivos erĂłticos (fotos, vĂ­deos).

Esses arquivos também mostram outras mulheres, cujos detalhes estão sendo procurados para verificação, e dizem ter sido extraídos deles, de maneira semelhante, a fim de explorå-las de maneira fraudulenta e econÎmica.

A Diretoria de Processos CibernĂ©ticos investigou um caso relacionado Ă  violação da lei sobre dados pessoais, violĂȘncia ilegal e cafetĂ”es, atos cometidos pela Internet contra um nativo de 38 anos.

Um nativo de 50 anos foi preso em conexĂŁo com o caso, e um caso relevante foi arquivado contra ele.

A investigação do caso começou apĂłs uma denĂșncia do cidadĂŁo de 38 anos Ă  Diretoria do MinistĂ©rio do Crime CibernĂ©tico, segundo a qual em 2003, respondendo a um anĂșncio de fotografia profissional de produtos, mediante pagamento de uma taxa, ela entrou em contato com o detento de 50 anos.

Segundo a denĂșncia, apĂłs a sessĂŁo de fotos inicial, a mulher de 50 anos convenceu a mulher de 38 anos a tirar uma foto nua e a ameaçou, atĂ© hoje (por 12 anos consecutivos), que ela compartilharia essas fotos na Internet e com membros da famĂ­lia. do ambiente, forçando-a a mais fotos de nus.

Em meados de 2004, a mulher de 50 anos, usando as mesmas ameaças, forçou a mulher de 38 anos a fazer sexo com estranhos por uma taxa, atĂ© mesmo cometendo atos de violĂȘncia contra ela, a fim de conter suas objeçÔes.

Desde 2008, o homem de 50 anos usa o homem de 38 anos apenas em fotos nuas, devido a uma tentativa de suicídio, enquanto desde 2014 ele a força a tirar a roupa na frente de uma cùmera de computador, conectada à Internet ao vivo, através de um site específico, onde cada usuårio pagou por uma assinatura online.

As queixas acima foram levadas ao conhecimento do MinistĂ©rio PĂșblico de Atenas e a investigação preliminar foi ordenada para sua investigação, bem como o fornecimento dos dados e dados necessĂĄrios pelos prestadores de serviços de telecomunicaçÔes e Internet competentes.

No contexto do exame preliminar, foi realizada uma busca policial e digital on-line e completa dos dados e dados digitais e o cidadĂŁo de 50 anos foi identificado como envolvido na atividade ilegal.

A seguir, no contexto da investigação do caso, ontem de manhã (15-9-2015), foram realizadas investigaçÔes, na presença de um oficial de justiça, na casa e no local de trabalho do jovem de 50 anos, onde foi verificada digitalmente sua participação nos atos investigados.

Em particular, a pesquisa digital no local da mĂ­dia de armazenamento eletrĂŽnico (computadores, servidores, etc.) de 50 anos encontrou e confiscou centenas de arquivos (fotos, vĂ­deos) de conteĂșdo erĂłtico que retratam – alĂ©m dos 38 anos – e outras mulheres nuas, que sĂŁo procurados para verificação. Diz-se que esses arquivos foram extraĂ­dos de maneira semelhante, a fim de explorĂĄ-los de maneira fraudulenta e econĂŽmica.

Mais especificamente, eles foram encontrados e confiscados:

‱ PC fixo, que contĂ©m (4) discos rĂ­gidos internos no layout RAID, ‱ PC fixo usado como servidor de arquivos, contendo (3) discos rĂ­gidos internos, ‱ (120) fotos com mulheres nuas e ĂĄlbum de fotos com (31) fotos de conteĂșdo semelhante e ‱ dois (2) cartĂ”es de memĂłria

AlĂ©m disso, o comprovante de pagamento – o pagamento em dinheiro em nome do homem de 50 anos foi encontrado e confiscado no site em disputa da internet, que demonstra sua especulação com a atividade ilegal acima.

A evidĂȘncia digital confiscada serĂĄ enviada Ă  Diretoria de InvestigaçÔes CriminolĂłgicas, para os testes laboratoriais apropriados, enquanto ao mesmo tempo estĂĄ sendo investigada a participação – envolvimento do homem de 50 anos e quaisquer outros atos criminais semelhantes e relacionados.

A pessoa presa serĂĄ levada ao MinistĂ©rio PĂșblico de Atenas com o caso contra ele.

Recorde-se que os cidadãos podem entrar em contato, anonimamente ou com a marca, a Diretoria de Processos Cibernéticos, a fim de fornecer informaçÔes ou relatar atos ou atividades ilegais ou repreensíveis realizadas pela Internet, com os seguintes detalhes de contato:

‱ Por telefone: 111 88 ‱ Enviando um e-mail para: ccu@cybercrimeunit.gov.gr‱ Por meio do aplicativo para smartphones com sistema operacional smartphone ios-android: CYBERKID ‱ Via Twitter “Line SOS Cyber ​​Alert »: @cyberalertGR.